Livro #GILRBOSS

Padrão

Já comentei que amo ler, e sempre estou a procura de livros novos. Faz um tempo que vejo aqui pelo mundo dos blogs as meninas comentado sobre o livro #GIRLBOSS da Sophia Amoruso.

Para quem não sabe, ela é a fundadora e CEO do e-commerce americano Nasty Gal. Um site que já entrei milhões de vezes e não tinha a menor ideia da história por trás.

  
“Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.”

O que dizer sobre esse livro: AMEI! Li em apenas alguns dias, ele prende a atenção. Não porque você quer saber o final, você já sabe, mas pelo conteúdo todo.

Tem um pouco da biografia da Sophia, que é demais. Ela é gente como a gente, com as mesmas inseguranças e que ralou muito para chegar onde está. Tem várias dicas de como buscar seus sonhos, sobre carreira, como fazer um currículo legal…enfim tem muita coisa legal e me surpreendi muito. Virei fã dela, e já comecei segui-la nas redes sociais.

Vale muito a pena a leitura. Vocês precisam ler para entender a minha emoção.

Fotos: ChiCquinhas

 

 

Dica de leitura: A Escolha do Nicholas Sparks

Padrão

Já vi alguns filmes baseados nos livros do Nicholas Sparks, cujos quais, me emocionei muito, mas nunca havia lido um livro dele se quer. E olha que eu sou uma romântica assumida.  Até que ganhei o livro “A Escolha, Até onde devemos ir em nome do amor?”  de um amigo querido e li rapidinho.

IMG_2873

 Sinopse:

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

A historia é dividida em fases: Prólogo, Parte Um, Parte Dois e Epílogo. O prólogo começa com digamos “o meio da história”. A Parte Um conta como Travis e Gabby se conheceram e se apaixonaram. Já a Parte Dois pula para anos adiante e explica sobre qual escolha Travis tem que fazer e mostra como o futuro é incerto. E o epílogo, claro, traz o desfecho do drama.

Confesso que no começo achei a história um pouco previsível, contada de maneira rápida e um pouco superficial. Minhas amigas comentavam como os outros livros do autor são intensos e senti falta dessa intensidade nesse livro, mas de qualquer maneira, é uma historia romântica e atraente. Da Parte Dois em diante, fui surpreendida pela narrativa e pelo desenrolar da história. E o final foi …bom não vou falar, né?

Em suma, gostei e recomendo. A trama traz reflexões sobre amor, família, amizade, escolhas e consequências.

Fiquei com vontade de ler os demais livros do Nicholas Sparks.

ass re2

Alexandre Herchcovitch lança livro com dicas de viagem

Padrão

O conceituado estilista brasileiro Alexandre Herchcovitch resolveu lançar um guia de viagens com dicas das cidades mais badaladas do mundo fashion Nova York, Londres, Paris e Tóquio.

capaguiadeviagemalexandreherchcovitchalta

Claro que vindo dele não podia ser um guia comum, Alexandre compartilhará dicas de locais fora do radar dos turistas visitados em suas inúmeras visitas a esses países.

As mais de 320 dicas são divididas em itens como “um dia perfeito”, com os programas de que mais gosta, “onde ficar”, “onde comer” e “onde comprar”. Inclui locais para comprar tecidos e aviamentos.

O Guia de viagem de Alexandre Herchcovitch – Nova York, Londres, Paris e Tóquio será lançado na próxima terça-feira, 08, na Livraria da Vila (Al. Lorena, 1731), em São Paulo, pelo preço de R$ 39,90.

ass re2

Sequência de O Diabo Veste Prada

Padrão

Fiquei muito feliz com a notícia que O Diabo Veste Prada terá sequência. Eu AMO esse livro e AMO o filme.

O Diabo Veste Prada

Eu super indico o livro. Eu vi o filme e me apaixonei, então resolvi comprar o livro. Para quem tem um chefe doido, ou está no começo de um novo emprego vai super se identificar. A história do livro é um pouco diferente do filme, mas vale super a pena.

A sequência que se chamará A Vingança usa Prada: O Retorno do Diabo, em tradução livre, mostra Andrea Sachs oito anos depois da sua saída da revista Runway, trabalhando como editora em uma revista para noivas, prestes a subir ao altar e tentando conciliar sua vida profissional com os preparativos para o casamento. Até que sua ex e diabólica chefe Miranda Priestley surge na história.

O livro tem lançamento marcado para o dia 04/06, porém sem previsão da versão em português.

Foto: reprodução

ass ju2

Dica de Livro – Giane – Vida, Arte e Luta

Padrão

Acabei de ler o livro com a Biografia do Reynaldo Gianecchini “Giane – Vida, Arte e Luta”, que fala sobre a luta contra o câncer, TV, novelas, teatro, viagens e os assuntos polêmicos da sua vida.

Achei o livro bem interessante, pois conta desde de sua infância em Birigui, seus conflitos com o pai, seus amores, seus trabalhos, suas decepções e o mais interessante, sua capacidade de superar os obstáculos e vencer.

Mais o que me chamou a atenção nesse livro, claro além da superação de um câncer raro e da vontade de viver do Gianecchini, foi a atriz Claudia Raia, que diante de tantas notícias ruins, se mostrou uma mulher forte, amiga, companheira e guerreira e que diz ter dividido cérebro para o trabalho, a vida, família, etc. e a outra para ficar de madrugada no hospital cuidando e ajudando o amigo. Essa foi pra mim a melhor lição que o livro me trouxe, o valor da amizade e do companheirismo.

Eu recomendo!

giane

foto: reprodução

Sinopse:

No que olhou pela primeira vez para a cara da morte, a sua morte, bem de frente, foi tomado por uma calma profunda. Por um momento perdeu de vista os médicos, as enfermeiras, a empresária, a mãe, os parceiros profissionais e afetivos, a legião de fãs. Enxergou com clareza o verdadeiro lugar de todo mortal em sua condição mais pura: a solidão.

E se sentiu forte nesse lugar. Entendeu que fora exatamente dali que, ainda menino, vislumbrara o seu caminho – um caminho que o diferenciava de todos os membros de sua família, de todos os exemplos que havia à sua volta no interior, de tudo o que ouvira na escola. Sozinho, deixara Birigui de ônibus e ganhara o mundo.

Agora, a sós com seu medo, Giane foi sendo tomado de certa excitação. O que seria aquilo? Se não era masoquismo, devia ser coragem. Estava pronto para a travessia. Qualquer uma.

Autor: Guilherme Fiuza

Editora: Sextante

ass sah

Lançamento do Livro Mulheres de Peito – Mirela Janotti

Padrão

No dia 04/12 foi o lançamento do novo livro da autora e publicitária Mirela Janotti, Mulheres de Peito, na Livraria Cultura do Market Place Shopping Center.

foto (1)

Sem título

O livro retrata de maneira positiva e otimista a luta de 14 mulheres contra o câncer de mama, com depoimentos das experiências de mulheres que foram diagnosticadas com câncer de mama, na intenção de se mostrar o poder de superação de adversidades, quer seja uma doença, uma perda, uma decepção. Informações sobre exames preventivos e cuidados médicos também são abordados com seriedade.

Mirela Janotti é redatora publicitária e atualmente trabalha como diretora de criação em São Paulo. Em 2007 publicou seu primeiro livro, “Força na Peruca”, que retrata de forma otimista e bem humorada a sua experiência com o câncer, diagnosticado em 2006.. Em 2010 escreveu o gibi “Super Joana Contra o Câncer de Mama”, distribuído pelo SUS. Realiza palestras motivacionais e é também uma das criadoras do “Projeto Mulheres de Peito” com documentários e ações pelo diagnóstico precoce do câncer de mama.

Blog da Mirela: http://mirelajanotti-forcanaperuca.blogspot.com.br/

Site do Projeto Mulheres de Peito http://www.mulheresdepeito.com.br/

Fan page do Facebook https://www.facebook.com/livroforcanaperuca

ass re2

Cinquenta Tons de Cinza

Padrão

Dez em cada dez mulheres no mundo estão comentando sobre esse livro. Juro, qualquer lugar que eu vou (casa, no trabalho, na pós, no Metrô) tem alguém lendo ou falando que está lendo. Como curiosa que sou, fui ler também.

“Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seu próprios termos…”

Resumindo, achei o livro muuuito parecido com Crepúsculo (sem a parte dos vampiros, claro). Em certas partes, reconheci até algumas falas da Bella na Anastasia e algumas do Edward no Grey. É um livro bem fácil e rápido de ler, literatura simples. Mas aí vem o problema, não sei como, esse livro vicia. Devorei em um final de semana.

Claro, que uma das coisas que mais despertou a curiosidade nas mulheres foi o lado erótico. E sim, não recomendo para menores de dezoito anos (se bem que isso não quer dizer nada, mas enfim). Eu diria que é um erótico meio água com açúcar, mas não deixa de descrever nos mínimos detalhes, tudo!

O Grey é um personagem bem enigmático. Mesmo ele sendo um personagem pesado, você fica torcendo por ele loucamente. E morrendo de pena, querendo saber porque ele ficou assim.

E claro que o livro não tem um único volume, são três. O segundo, Cinquenta tons mais escuro, foi lançado essa semana no Brasil.

Apesar de tudo, eu amei. Fiquei viciada e já estou lendo o segundo. Já recomendei para várias amigas, que também se tornaram viciadas.

Os estúdios de Hollywood já perceberam o fenômeno e já garantiram um filme, parece que vão adaptar os tres livros em um único filme. A grande dúvida é, quem pode interpretar o Grey nos cinemas. Sinceramente, na minha imaginação não consigo pensar em ninguém. Os grandes cotados são: Ian Somerhalder, Ryan Gosling  e Matt Bomer. Para a Anastasia: Alexis Bledel e Emma Watson. Mas ainda não tem nada definido. Quero só ver se não vão acabar com os personagens, como sempre fazem nas adaptações.

Foto: reprodução