Turismo em Miami: Viscaya Museum and Gardens

Padrão

A maior parte das pessoas que vão a Miami se acabam nas compras e acabam mal conhecendo a cidade. Dessa vez como fiquei 2 semanas fazendo o enxoval da minha filha, pude conhecer alguns pontos turísticos que não visitei das outras vezes – na verdade nem sabia que existiam.

Hoje vou falar de um dos lugares que mais gostei e mais me surpreendeu: o Viscaya Museum and Gardens.

Um pouco da história do local:

“Villa Vizcaya é uma propriedade em estilo renascentista italiana localizada em Coconut Grove construída entre 1914 e 1916 como residência de James Deering, o então vice-presidente da International Harvester. James viveu por lá de 1916 até sua morte em 1925.

Na época da construção do Vizcaya, a população de Miami era de cerca de 10.000 habitantes. Mais de 1.000 pessoas foram empregadas no projeto, incluindo trabalhadores e artesãos do Caribe e da Europa.

Vizcaya era originalmente uma propriedade de 180 acres (aprox 730000m²) e possuía elementos de uma típica vila do norte da Itália como, por exemplo, uma leiteria, um viveiro para aves domésticas, um estábulo de mulas, uma estufa, uma usinagem, uma oficina de pintura e carpintaria.

A casa e os jardins são resultado do trabalho de três arquitetos, que juntos criaram um efeito de longevidade na propriedade. Virtualmente, todos os elementos decorativos, incluindo mobílias, acessórios de luz, portas e lareiras, foram compradas por Deering em expedições de compras na Europa. Vizcaya contém uma das mais finas coleções de artes decorativas europeias do século XVI ao século XIX.

Após a morte de James Deering, um suporte mínimo manteve a mansão. O furacão de 1926 que devastou Miami seriamente danificou Vizcaya. Em 1952, o Condado de Miami-Dade comprou Vizcaya e abriu-a como uma histórica casa museu no ano seguinte. Uma restauração extensiva trouxe de volta a “villa” e os jardins do jeito que eram durante a administração de Deering. Vizcaya foi creditada pela American Association of Museums e é classificada atualmente como um National Historic Landmark.

Oficialmente denominada “Vizcaya Museum and Gardens” a propriedade consiste na casa principal, sua mobília original e os jardins formais que a envolvem. A propriedade abrange cerca de 50 hectares (200 mil m²) dos quais 10 hectares (40 mil m²) constituem o jardim botânico.” 

É possível visitar a mansão, os jardins e a baia Viscaya.

IMG_3715

IMG_3736

Dentro da casa há uma saída para a Baia Viscaya que é surpreendente. O dia estava ensolarado o que deixou a paisagem ainda mais linda.

IMG_3726

IMG_3743

IMG_3752

IMG_3782

Os jardins são imensos e me lembrou o Palácio de Versalhes na França.

IMG_3756

 

IMG_3791

IMG_3812

IMG_3827

A piscininha da casa. Do lado direto é o café, que serve almoço também.

IMG_3778

IMG_3828

IMG_3800

Na entrada da mansão tem à disposição dos turistas folders com um mapa que contam um pouco da história em inglês, espanhol, português ou francês e também dá para alugar aqueles áudio guide.

Claro que da mansão não é possível tirar fotos, mas garanto que vale a visita. A casa é enorme e é rodeada de história e obras de arte. Além de ter um clima de caribe em alguns cômodos e em outros europeu. tudo decoradinho como era na época, sabe? Juro que me senti nesses lugares.

Eu e meu marido achávamos que íamos ficar por lá, no máximo duas horas, mas que nada. O passeio foi tão agradável que almoçamos por lá mesmo e ficamos bastante tempo admirando o local.

Endereço: 3251 S Miami Ave, Miami, FL 33129,

ass re2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s